meditação

Meditar em 5 passos

Meditar – saiba como fazer

A meditação é uma técnica que permite conduzir a mente para um estado de calma e relaxamento, através de métodos que envolvem postura e focagem da atenção para atingir tranquilidade e paz interior.

A ciência já comprovou: meditar traz vários benefícios para a saúde. Diversas pesquisas e estudos revelaram que a meditação ajuda a ter uma vida mais longa e feliz.

Alguns benefícios para a saúde:

– A meditação é excelente no alívio da ansiedade. A prática diminui a frequência dos batimentos cardíacos e ajuda a respiração a entrar em sintonia com o resto do corpo o que ajuda a relaxar, prevenindo depressões.

– Quem medita consegue reduzir as emoções negativas e aumentar a satisfação com a vida, assim, fica mais motivado e forte para enfrentar os desafios do dia a dia.

-Meditar aumenta a concentração, o que irá melhor o desempenho e resultados no trabalho ou nos estudos.

– Ajuda ainda a combater o envelhecimento precoce, a insônia, controla a glicemia na diabetes…

– Favorece a perda e gestão de peso e ajuda nos distúrbios alimentares.

Como meditar

Meditar não é difícil e quando inicia não precisa meditar durante 1h seguida. Comece devagar, com 5 min e vá aumentando gradualmente o tempo.

Siga estes passos:

  1. Reserve 1 ou 2 momentos ao longo do dia para se desligar por um tempo.
    Pode ser ao acordar, para permitir começar o dia com menos ansiedade e mais foco, a meio do dia, para descansar um pouco das tarefas e da agitação, ou quando se for deitar, para acalmar a mente antes de dormir. 5 minutos já são suficientes para permitir uma viagem dentro de si, alcançando tranquilidade e foco. Para evitar preocupações com o tempo, coloque o despertador ou cronometro para o tempo que pretende desligar se do exterior.
  2. Encontre um local calmo
    Apesar de ser possível meditar em qualquer lugar, aconselho a que comece num lugar tranquilo, em sua casa, numa divisão onde possa ter uns minutos só para si. Se possível peça para não ser incomodado durante esse tempo.
    O importante é que possa estar, num ambiente tranquilo e com o mínimo de distracções para facilitar a concentração. Se pretender pode criar um ambiente relaxante, acender umas velas, um incenso …
  3. Adote uma postura confortável
    A posição ideal para a prática da meditação, de acordo com as técnicas orientais, é a postura de Lotus, em que se permanece sentado, com as pernas cruzadas, com os pés sobre as coxas, logo acima dos joelhos, e com a coluna direita.
    Esta postura não é fácil para quem inicia, por isso pode ficar sentado ou deitado, desde que esteja confortável, com a coluna direita, ombros relaxados e pescoço alinhado.
    Encontre um apoio para as mãos, que podem repousar no colo, com o dorso de uma sobre a outra, de modo que os polegares se toquem levemente ou ficar uma em cada joelho, com as palmas para baixo ou para cima. Feche os olhos e permita que os músculos relaxem. Sinta cada um deles a relaxar. Comece da cabeça para os pés ou dos pés em direcção à cabeça, como preferir.
  4. Observe a respiração (respiração consciente)
    Este é o momento mais importante da meditação. É importante aprender a dar atenção à respiração.
    Concentre se na respiração, inspire pelo nariz profunda e calmamente, contando até 4 e sentindo a barriga a encher. Expire pela boca, esvaziando toda a barriga, nos mesmos 4 tempos.
    Mantenha este ciclo de respiração de 3 a 5 vezes e de seguida continue a respirar normalmente, mas sempre de forma calma e profundamente.
  5. Liberte os pensamentos
    É muito comum que surjam diversos pensamentos durante a meditação, não brigue com eles nem os alimente pois serão cada vez mais.
    Foque a sua atenção no seu coração (como se olhasse para ele) e aperceba-se das sensações e das emoções que vão surgindo. A mente irá ficar distraída pois não consegue focar em duas coisas em simultâneo.
    Sempre que surgir um pensamento, observe-o como se não lhe pertencesse e deixe o ir embora. Volte a sua atenção de novo para as sensações do corpo.
    Poderá ao iniciar a sua meditação, colocar uma intenção, por exemplo, a intenção de perceber a solução para determinado problema que o preocupa, para o caminho que deve seguir ou para a atitude a tomar.
    Irá ver que com o tempo os pensamentos serão cada vez menos e naquele espaço de tempo do “nada” irão surgir agradáveis surpresas.

1932total visits,1visits today